24 janeiro 2012

Começou a invasão

Nosso esplandecente doutor diz há anos q, na primeira metade do século XXI, o Ocidente será implacàvelmente invadido pela chinesada. Muito alarmista vê "made in China" embaixo do aspirador, da cadeira, do brinquedo &c e acha q a invasão já começou. Conclusão certa mas dados errado, pois importação de produtos não quer dizer nada: é só efeito das flutuação na balança comercial; bastará o proletariado chinês ascender um tiquinho, olhar em volta e fazer greve &c &c, q a moribunda indústria brasileira &c voltará à produzir chupador de pó, senta-bunda e periquito falante. À longo prazo, nada à temer.

Outros alarmista acham q no futuro falar chinês será tão importante qto hoje é falar inglês. Ôô raciocínio tosco. Se o hipoplausivírus te pegou nessa, informe-se aqui.

O Ocidente será invadido não pela China nem pelo chinês, mas pela chinesada.

Siga o raciocínio plausível. Se um país normal tem o potencial de produzir asneiras na imprensa à uma taxa média de uma por dia pra cada 10 milhões de habitante (sendo otimista), é fácil calcular a quantidade de asneiras produzida e divulgada por dia em vários país:

Argélia: 3,5
Brasil: 19
China: 130
Dinamarca: 0,5
Estados Unidos: 31

Esses índice são afetado por diversas variável. A mais importante é, claro, o nível geral da educação no país, incluindo aí seu cosmopolitismo, histórico de acesso público à informação, &c. Qto mais baixo o nível da educação no país, tanto mais alto será o valor dessa variável; se na Dinamarca é 1 (alto nível educacional, portanto pouco efeito sobre a taxa diária de asneiras), temos:

Argélia: 3,5 x 3 = 10,5
Brasil: 19 x 2 = 38
China: 130 x 2,5 = 325
Dinamarca: 0,5 x 1 = 0,5
Estados Unidos: 31 x 1,5 = 46,5

Outra variável é a credulidade geral média do país, incluindo aí sua religiosidade, sua supersticiosidade, &c. Novamente, se na Dinamarca essa variável é 1 (pouca credulidade), temos:

Argélia: 10,5 x 3 = 31,5
Brasil: 38 x 2 = 76
China: 325 x 2 = 650
Dinamarca: 0,5 x 1 = 0,5
Estados Unidos: 46,5 x 1,5 = 69,75

A produção chinesa média potencial diária de asneiras chega ä espantosa cifra de 650 ùnica e exclusivamente pelo tamanho de sua população: fora essas variável perfeitamente comprovável, a cifra considera o povo chinês como rigorosamente igual à qqer outro povo do planeta. Aliás, o Brasil e a China tão quase pau à pau em asneiras por habitante. Comprove: multiplicando as duas variàvel, temos:

Argélia: 3 x 3 = 9
Brasil: 2 x 2 = 4
China: 2,5 x 2 = 5
Dinamarca: 1 x 1 = 1
Estados Unidos: 1,5 x 1,5 = 2,25

E, convenhamos, será difícil algum chinês superar em asneirice a história da Grávida de Taubaté.

HAHAHAHAHAHAHAHA

Então. O problema é devido apenas ao tamanho da população e ao histórico de isolamento cultural do país em relação ao Ocidente: não só a China agora abriu as comporta da informação, como o mundo todo tá interessado em saber qualéquié a da chinesada.

Olha só a estrondosa babaquice neste vídeo:



Nasce um menino com um gene recessivo naquele meião, e ressurgem aqueles folclore todo de olhos claro serem mais sensível ä luz &c &c &c. Na região, o pessoal q nunca viu olhos azul acha q o olho tá brilhando no escuro qdo ãã *não tá* totalmente escuro &c &c &c. Aí vem a jornalista idiota fazendo um teste espúrio &c &c &c. E aí a notícia ¡chega até nós! ¿Não é de esputar o escarro aos gargalho?

O vídeo acima é apenas *um* dos milhar de asneiras recentemente vinda daquele cafundó apinhado de gente. Foi publicado numa página do Yahoo, com um texto explicativo horrendamente traduzido:

http://tinyurl.com/87z6lae

e fomos brindado com comentários brazuca, alguns tirando um bom sarro, outros neste nível:

"O que mais veremos? São maravilhas que só a criação de Deus é capaz"

"são apenas mudanças no dna humano as novas crianças que habitarão a terra serão diferentes de nós podem crer. virá muito mais"
HAHAHAHAHA

Este se acha bem informado: "Aff como o ser humano eh pobre em informacao...como escrevem isso "sera que e' um alien" , a genetica humana esta evoluindo, eramos primatas, e hoje somos homosapiens, somos aliens??? que ridiculo ... isso eh soh mais uma prova da evolucao humana, e nao um alien ... -.- sim gracas a Deus, pelo menos a genetica humana evolui...mas o ser humano nao...." HAHAHAHAHAHA

Este se contradiz à cada duas frases: "Tem coisas que só Deus explica. Ele nasceu muito abençoado. Os olhos são lindos, mas ele deve ter um acompanhamento médico, porém acredito na divina bondade de Deus para seus escolhidos,Olhos azuis são comuns em mineiros morenos e chineses de algumas regiões." HAHAHAHAHAHAHA

"E quando surge algo de extrema importância científica, logo vem as gracinhas e de mau gosto! Acho bom levar a sério o assunto é incrível, e pode ser uma resposta para muitas coisas que andam a acontecer!"

"O começo da EVOLUÇÃO!!!!! As Crianças Índigo. Segundo algumas correntes esotéricas a humanidade está dando mais um passo evolutivo."


HAHAHAHAHAHA

O doutor trata os paciente, mas tbm se diverte, viu.

4 comentários:

Neanderthal disse...

You seem to have Bjorked the link up there.

Discordo do indice de educação da China ser pior do que o do Brasil. vide:
http://www.guardian.co.uk/news/datablog/2010/dec/07/world-education-rankings-maths-science-reading#data

Tudo bem, não sabemos qual a metodologia e se a avaliação pode ser estendida ao todo da China, mas mesmo assim, é algo a se pensar.

Permafrost disse...

Derthal,
Thanks. It's fixed now.

É, acho q não dá pra tirar uma média realista dum país de 1,3 bilhões de habitante. As cifra q usei são todas tirada do chapéu. Mas note q a variável 'educação' inclue "cosmopolitismo, histórico de acesso público à informação" e outras coisa do tipo.

Daniel Brazil disse...

Grande Doutor, sempre percuciente!

Arthur Golgo Lucas disse...

Saudações, Plausível!

Passei uma semana sem internet, assim que voltei publiquei um artigo sobre a China (título: "Sobre a imprevidência") e eis que no dia seguinte venho a teu blog... e encontro um artigo sobre a China! Deve ser prova de que a humanidade está evoluindo e estamos desenvolvendo conexões telepáticas, com a Graça de Deus, mas com o cuidado de ter acompanhamento médico, é claro. :-)

Meu artigo só tem a ver com o teu primeiro parágrafo, entretanto. Minha conclusão é diferente: eu acho que temos, sim, que nos preocupar com a "dominação chinesa". Não acredito na possibilidade do proletariado chinês fazer greve assim tão fácil: lá a repressão caminha nas ruas de arma automática em punho, e agitador político tem uma certa tendência a evaporar.

Aparece por lá e dá uma conferidinha. ;-)

Abração!

Postar um comentário

consulte o doutor