20 outubro 2012

A festa de fetos

Sesdia, o Uruguay descriminalizou o aborto de mulher prenhe há menos de 12 semanas. Até então sob a tutela duma lei de 1932 q podia penalizar a abortante com 3 à 9 meses de prisão e o aborteiro com até 2 anos, esse paiseco de 3 milhões realizava em média 30 mil abortos clandestino por ano –por meus cálculo, um aborto por ano pra cada 20 mulheres em idade reprodutiva.

No Uruguay, a principal origem do posicionamento contra-escolha é a ideologia bíblica do “não matarás” aplicada à uma incubação proto-humana no útero duma mulher. No Brasil, é a mêma coisa.

Nosso ectoplásmico doutor acha a maior graça de estudos bíblico qdo estes preterem o estudo da matemática. Crente judaico-cristão fala da infalibilidade da Bíblia, ou algo assim; mas si gosta de infalibilidade, deveria estudar é matemática. A média de preces atendida por Deus nunca passa dum máximo de 50%, mas a matemática é 100% confiável. Aliás, nem precisa estudar matemática avançada: um pouco de aritmética já resolve 99% das dúvida do mundo. Si crente contra-escolha usasse um pouco de aritmética, não perderia tempo organizando lobby, fazendo passeata, elegendo deputado, chafurdando na lama da política, &c, tudo pra tentar proibir o aborto em país democrático.

Si vc é mulher crente e almeja um futuro em q o aborto teja totalmente erradicado da face deste planeta, faça assim, ó: tenha 12 filhos. Nada mais fácil. Tenha 12 filhos e doutrine-os pra eles tbm serem contra-escolha.

Pois, pensa bem… As mulher q abortam são òbviamente à favor da escolha de abortar, não são? Tbm òbviamente, as pró-escolha devem ter em média menos filhos do q as anti-aborto. Assim, si as mulher pró-escolha tiverem em média, digamos, 1 filho e as mulher contra-escolha tiverem 12… não, peraí, põe 16 aí… Si as mulher contra-escolha tiverem cada uma 16 filhos, então, lógicamente, matemàticamente, necessàriamente, no futuro A POPULAÇÃO INTEIRA será anti-aborto. Muito mais certeiro e eficaz do q fé, lobby, passeata, dinheirama, hipocrisia e mentirança.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

A mulher claramente foi “criada” pra ter 16 filhos, ou mais. E ¿não foi o deus hebreu q disse “crescei e multiplicai-vos“? Então, si vc é crente, obedeça. ¿Por quê não obedece? Olha q prático seria, si vc obedecesse:

Digamos q, por um tão-esperado milagre, os contra-escolha consigam convencer o planeta todo à erradicar o aborto em 2020, qdo a população global chegará aos 10 bilhões (talvez antes). Com a totalidade da população contra o aborto, com as garantia da medicina, e com cada casal tendo sua cota média natural de 16 filhos –textualmente comandada pelo Criador–, a população do planeta pode octuplicar à cada trinta anos. ¿Não seria legal? Aí em 2050, a população seria de 80 bilhões, e em 2080 seria de 640 bilhões. ¿Não seria ótimo? E olha só que bacana: si todos se converterem ao cristianismo, então antes deste século acabar serão 640 BILHÕES de cristãos trazendo à este planeta toda a paz, toda a fraternidade, todo o amor do deus hebreu pela humanidade. E aí, após a virada pro século 22, já poderão ser CINCO TRILHÕES de cristãos compartilhando este planeta, proclamando a glória do Senhor. ¿Não seria maravilhoso ver todo aquele povo irmanado numa corrente de oração por mais água? Basta cada cristão cumprir com seu dever e ter 16 filhos. Seja realista e almeje um ano 2200 em q o planeta tenha CINCO TRILHÕES de indivíduos anti-aborto, e não só o bilhãozinho duvidoso de hoje. Pois ficar tentando convencer pessoas de cabeça feita, ficar tentando ir contra a maré da pluralidade, da aceitação de q pessoas diferente de vc pensarão e agirão diferentemente de vc, de q um governo democrático tem obrigações pra *todos* e não só pros q se acham os rei da cocada preta –em suma, ficar querendo mudar o mundo na conversa– NUNCA vai dar certo.

Então, já viu, né, cara contra-escolha: tenha 16 filhos e amestre-os em vossa doutrina. Futuro sem aborto garantido.

Comece agora! NÃO HÁ OUTRO JEITO. O raciocínio das pessoa não-doutrinável é sempre mais forte do q o poder de persuasão da doutrina. E, brincadeiras ä parte, não adianta mudar a legislação, citar estudos e pesquisas sobre aborto, discursar, boicotar, explodir clínicas de aborto, fazer passeata &c. A ÚNICA estratégia q funcionaria é ter 16 filhos e fazer a cabeça deles.

Então, não se esqueça, hem, DEZESSEIS.

HAHAHAHAHAHAHAHAHA
..
....
........
................

Ah, não dá? Tadinha. ¿Por quê será?

¿Não será pelo *mesmo* motivo q outras mulher abortam?

9 comentários:

Anônimo disse...

Deus tá atendendo a 50% dos pedidos desde quando? Onde??? Quando foi isso??? No quesito evitar a morte, eu sei que o percentual é 0, ganhar na mega-sena sozinho é também quase isso, arranjar um parceiro sexual maravilhoso, também é quase 0. Agora, para curar resfriado, chegar inteiro no trabalho ou em casa o percentual aumenta muito. Chega a 100% quando é pra fazer a noite suceder ao dia, e o verão à primavera Mas pra essas coisas ninguém precisa mais de deus...

Oncotô? disse...

Why is it that most of the people who are against abortion are people you wouldn’t want to fuck in the first place, huh?

http://www.youtube.com/watch?v=ZCWC4sHbIV0
(Acho que muitos já devem ter assistido)

Um vídeo mais sério a respeito (interesting):
http://www.ted.com/talks/hans_rosling_religions_and_babies.html

E pra quê atacar tanto as sagradas-sacrossantas-sacratíssimas-salve-salve-três-toques-na-tábua religiões monoteístas? O que que elas fizeram e fazem de tããão mau assim, huh? Tá, imposições, mortes, brainwashing, sofrimentos diversos... ... ... Fora essas coisas banais, quê mais, hein, hein?

Funcho disse...

Não dá idéia, doutor, não dá idéia.

Permafrost disse...

Anônimo,
Ué… O doutor disse "a MÉDIA de preces atendida". Vc mesmo aí colocou algumas em 0% e outras em 100%. Portanto, em média, 50%. Mas essa percentagem média tbm se baseia em q, qdo alguém "pede" algo à uma divindade, uma de duas coisas acontece: o desejo é realizado OU não é realizado; e a média disso é sempre 50%.

Oncotô,
Muito bom, esse vídeo do Hans Rosling e suas Bolinha Amestrada. O doutor já diagnosticou o Rosling duas vezes e ele conseguiu um excelente placar no Plausivômetro. ¡Obrigado pelo linque!

Vc pergunta, fora "as imposição, as morte, a lavagem cerebral e os sofrimento diverso", ¿por quê atacar as religião monoteísta? Bom, ãã… aqui ninguém tá atacando as religião. Só tamos rindo das hipoplausibilose q elas contém. Mas, si há algum outro motivo pra atacá-las, além daqueles, seria a constante encheção de saco de gente se apropriando de todo espaço social com seus preconceito e seus desraciocínio. Tar neste planeta hoje é como morar num bairro cujo único assunto é a vitória do Flamengo no campeonato carioca de 1921, suas partida, seus gol e seus herói.

Funcho,
A idéia, por incresça q parível, não é do doutor, não. No Zeuá, tem uma seita q prega o quiverfull (aljava cheia): guerreiro q entra em batalha com aljava cheia de flechas mata mais inimigos. O raciocínio é o mesmo aventado pelo doutor aí. Mas os quiverfull são amador; raramente passam de 10 filhos.

Neanderthal disse...

Supondo que o fator mais importante na decisão das pessoas em ser contra ou a favor do aborto seja a influência dos pais, ceteris paribus, os "anti-abortos", além de ter 12 ou 16 filhos, deveriam, de alguma forma, incentivar os "pró-abortos" a realizarem o máximo possível de abortos. Dessa forma irão potencializar o percentual de "anti-abortos" na sociedade.

Permafrost disse...

Derthal,
Êi, genial! Não tinha pensado nisso. Os contra-escolha deveriam INCENTIVAR os pró-escolha à abortar sempre.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Rafs disse...

Derthal e Perma,

Considerando que a predisposição/característica/etc seja herdada de alguma forma, tem outras coisas que seguem essa linha.

Tipo:

- Os homofóbicos deveriam incentivar os gays a só terem relações homossexuais (nada mais de gay no armário)
- Os pró-vida deveriam incentivar os suicidas a se matarem na primeira oportunidade.

Provavelmente tem muito mais. Dá até pra criar uma regra geral.

Anônimo disse...

Quem se joga do vigésimo andar ou morre ou não morre. Deve ter metade deles andando por aí e, surpreendentemente, não são entrevistados no Fantástico

Na verdade, os pedidos que deus atende ocorrem na idêntica proporção da probabilidade estatística do evento. Nisso deus sempre acerta, é impressionante.

Permafrost disse...

Rafs,
…*além* de terem 16 filhos. HAHAHAHA

Nôni,
Então. É isso aí.

Postar um comentário

consulte o doutor