02 fevereiro 2007

Tradução tintim

Tem gente q não se emenda, não?

Uma das coisas mais funestas em país de escanteio é campanha publicitária internacional. Sacomé, um cara no meio de nãoseionde inventa um anúncio e o mundo inteiro tem q usar a mesma idéia. É o conhecido McAnúncio.

Outra das coisas mais funestas é tradução tintim por tintim. Um cara no meio de nãoseionde cria uma frase q funciona às mil maravilhas lá na língua dele e vem um brasileiro e acha q tem q traduzir exatamente do jeito q está lá.

¿Já viram esses botões de lapela escrito "Perca peso agora. Pergunte-me como."? Pois é. Pode ser q brasileiro monolíngüe nem perceba, mas trata-se duma tradução tintim dum eslôgã importado pra promover uma idéia (pra variar) importada. O original é "Lose weight now. Ask me how." ¿Percebeu a rima? ¿Percebeu os dois versinhos de três sílabas e o rítmo DAdaDÁ DAdaDÁ? ¿Percebeu a porcariada q a agência brazuca fez? Exceto pela totalmente fortuita aliteração silábica (perca/pergunte), é fácil notar o esforço zero de produzir um eslôgã sonoro e cadenciado pra fazer jus a ser portado numa lapela.

Pois bem. Não foi a primeira nem a última vez q a criatividade dum país foi dizimada por outro.

Agora, supunhetaria-se q a maicrosófite tivesse no Brasil uma graninha pra pagar um escritor, não? Ela acaba de lançar um não-sei-quê aí q tem alguma coisa a ver com baixar filmes via internet. No jornal, comprou frente e verso duma folha inteira em papel melhorado e ainda fez uma montagem q se levanta qdo vc abre a página central. E lá está o eslôgã, pra humilhar todo e qualquer brasileiro q já pensou em ganhar a vida criando anúncios:

O "UAU" começa agora.

Tradução tintim de "The WOW starts now."

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Coisa horrível. Porque, pô, né? Tenha dó.

15 comentários:

Herpes da Fonseta disse...

Que vergonha, hem?

Mas a ambigüidade do doutor é meio desconcertante às vezes. Por exemplo, que quis dizer com "país de escanteio"? Não pode ser tão ruim quanto "país periférico". O escanteio é a referência mais importante do campo, depois do gol e da área grande. É mais importante que as laterais, que a área pequena e que o círculo central. Este último só é usado duas vezes por jogo.

Domingos Junior disse...

Ei, Pabl'uno! O Doutor poderia participar do Campeonato Nacional da Língua Portuguesa. Que acha? Olha que texto mimoso:
"Pelo terceiro ano consecutivo, o Campeonato Nacional da Língua
Portuguesa propõe uma incursão entusiasmante pelo mundo da Língua, incentivando
os participantes a testarem os seus conhecimentos de Português num
ambiente lúdico, mas nem por isso menos competitivo. As duas edições
anteriores contaram com a participação de uma média de 15.000 concorrentes
que motivaram um aceso despique." Diversão de primeira pro Doutor, vai?
E o "sítio web" do concurso: www.linguaportuguesa.aeiou.pt. A sinceridade do Português é comovente, não é?
Aprecia o jazz? Isso é coisa fina: http://clever-bugger.blogspot.com/ Boa discoteca.

Permafrost disse...

Herpes, é porque só chuta pra escanteio.

Dom Jun, entrei no site do campeonato, mas é só pra residentes em Prtgal. Entrei ali no site com o jazz, mas ao q parece já esgotei a cota de baixação gratuita.

Neanderthal disse...

Tenho uma sugestão de slogan para a Micro-Mole Corporation:

"A BAGAÇA começa agora!"

Domingos Junior disse...

Eu não tinha lido o regulamento do concurso. Mil perdões.
Pra não esperar uma hora até que aceitem novamente, vale tentar apagar os cookies gravados no computador, se for do interesse, bien sûr. (O filminho do Mingus é ge-ni-al!)
Agora você tem patronímico, Rrrrrrroque?!

Permafrost disse...

Dom Jun, desculpe, tive q apagar teu último comentário. Não dá nem pra explicar o que aconteceu aqui, embora minha nova (e espero temporária) assinatura já seja metade da explicação.

Domingos Junior disse...

Humm... a maldição da versão beta do blogger.

Permafrost disse...

Já não é mais versão beta. Agora é oficial: vc não pode ter um blog no Blogger sem ter uma conta no Google. Isso quer dizer q o Google agora sabe não só o q eu pesquiso e as páginas em q entro a partir dele, mas sabe tbm o q escrevo, o q deleto, sabe meu email, provavelmente sabe onde eu moro. Agora eles podem fazer uma "busca personalizada": em vez de me mostrar tudo pra q eu possa escolher, eles mostram só o q as maquininhas deles acham q vai me interessar. Dã.

Pracimademoá disse...

Mas que importa tudo isso? O Google não é máxxxximo? O mundo todo não adora o Google e baba ovo pro Google? A blogosfera não tem orgasmos múltiplos com tudo que o Google anuncia? Não é o Google o messias eleito pelos internéticos para desbancar a Apple e a Microsoft no reinado de donos absolutos dos nossos computadores e das bundas que sentamos quando usamos os computadores?

Não ouse questionar o deus Google. Ele manda você pro inferno, cão infiel.

(Realidade aprisionada em parênteses: o mundo online ainda vai tomar no cu bem gostoso com esse tal de Gúgu; só peço a deus que me permita viver pra ver. O serumano parece que só aprende se fudendo.)

(Desculpe o baixo calão. Não é de meu feitio, mas foi assim que me vieram as palavras no momento.)

Permafrost disse...

O baixo calão é bem apropriado.

Edson Marques disse...

Gostei!

O Alex e o Acaso me trouxeram aqui.

Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.

Abraços, flores, estrelas...

Publiciotário disse...

Discordo. Slogan com "riminha" é pior do que tradução literal.

Permafrost disse...

Ah, deve ser por isso q tem tanto eslôgã pra traduzir, né? Tsc tsc.

Rildo Hora disse...

Uma apologia à bulimia: "Perca peso agora, ponha o almoço prá fora". E prá completar: "O rau começa agora". Resolvido.

?

Permafrost disse...

"Perca peso agora, ponha o almoço prá fora."

HAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAHAHA

Postar um comentário

consulte o doutor