02 setembro 2014

Aviso geopolítico

Estejam todos avisado q pode haver uma tragédia no Brasil si a Marina Silva for eleita. A gargalhada de nosso hecatômbico doutor poderá ser tão alta e prolongada q haverá o risco de ela causar mortíferas vibração sísmica, em particular ao longo das falha cenozóica ao longo da serra da Mantiqueira e da bacia do Tocantins, nos cráton da bacia do São Francisco, e em toda a bacia sedimentar do Paraná.

O Dr Plausível é uma força da natureza. Depois não me venham chorar as pitanga.

15 comentários:

Rafs disse...

Marina Silva!? Oh, boy!

Pracimademoá disse...

Vixe. Mais um petista apavorado com a candidata que tem, no momento, o maior potencial para destronar a Rainha de Copas.

Até conferii o nome do blog no alto da página. Achei que tinha entrado no Facebook por engano.

Rafs disse...

@Pracimademoá

Não acho que é por isso que o Dr. está prestes a causar um desastre natural.

Pensa só: um candidato a presidência com menos de 10% de votos, sem chance alguma de ser eleito, morre e, de repente, um quarto da população se toca que existem outros candidatos além dos dois vindos dos partidos café-com-leite. E como não poderia deixar de ser, quem morre vira santo, e a sua vice, claro, por estar com ele, só pode ser muito gente boa.

Na melhor das hipóteses é patético. Com certeza é engraçado, de tão ridículo.

Permafrost disse...

Demoá,
Pô, ¿tá me estranhando? HAHAHAHAHAHAHAHA
Mas vc tá certo numa coisa: esse textículo tá indigno do Dr Plausível. É q tou retomando no tranco.

Rafs,
É mais ou menos isso. Vc só deixou de fora as referência paleogeográfica: caso Maligna Silva seja eleita, o Brasil terá uma presidente (ou um eleitorado majoritário) crente q o Universo tem 6 mil anos.

Rafs disse...

@Perma

Eu pensei nisso, mas não conheço ela muito bem. Até vi um vídeo dela falando sobre laicidade, que foi interessante em alguns momentos. Ela inclusive criticou o Marco Feliciano ter sido colocado na comissão de direitos humanos. Tá aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=YE3nno0Ql8A

Mas, claro, o que os políticos fazem de melhor é discursar. E só em retrospecto dá pra saber se eles são mentirosos ou não.

O que eu achei mais engraçado é que, pelas pesquisas, o povo que agora tá apoiando ela são os eleitores mais jovens e pessoas com maior nível de instrução; o que quer dizer, parte da elite intelectual brasileira. Ou seja a elite intelectual brasileira é totalmente tapada. Como esperar que algo bom venha dessa gente.

¿Oncotô? disse...

Permafrost,

Mas peralá: no caso do poste (não o da rua...) ¿o Dr. gargalhará até regurgitar as tripas por causa exclusiva da hipotética eleição da Marina, ou não haverá aí na gargalhada algo mais profundo, na democracite em si, independentemente do campeão das Ereções 2014?


Mas então... O problema da Marina (e da coiotice majoritária) não é nem o criacionismo dela. Como uma vez falou o Sam Harris, no séc. XX as discussões incitadas pela religião contra as ciências se focaram em algo que não muda (muito) na vida prática: evolução vs. criacionismo, em vez de assuntos mais a ver com as pessoas comuns e as instituições vigentes, como "livre arbítrio", ou livre vontade – apesar de que o ensino de evolução nas aulas de ciências pode, teoricamente, ter um razoável impacto na vida prática; se bem que num sistema de educação em que os púberes não sabem nem tabuada, não acho que faça tanta diferença assim.

O que é mais preocupante nela é a questão do aborto: ela já disse abertamente que fará um plebiscito nacional sobre isso. Mas considerando que o povão é majoritariamente contra (e como Machado de Assis já escreveu: "[a] opinião pública detesta o boi... sem batatas fritas"), não se atinge o cerne do problema: com o aborto liberado, saúde, educação, segurança, moradia, desigualdade social etc. se tornam menos motivos pra gargalhice crônica. Mas estou pra ver político que defenda essa causa.

Rafs,

Num país em que o maior filósofo é o Olavo de Carvalho (tá, tem o Newton da Costa – que ninguém conhece, aliás –, mas este é mais matemático que filósofo, no sentido moderno), não há esperanças nem na elite /intelectual/.

Permafrost disse...

Oncotô,
Apesar de concordar com o Harris nisso, vejo o criacionismo como um forte indício de palurdice factual; não só isso, tbm como forte indício de credulidade ingênua –uma característica bastante indesejável num presidente.

Permafrost disse...

Ah, tbm tem essa da Maligna brandindo plebiscito. ¿Candidata à presidente PROPONDO plebiscito? ¿Que porra é essa? Ela se coloca como candidata à tomar decisões inteligente, e aí ¿promete delegar ao eleitorado uma decisão baseada puramente na emoção?

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

André Ricardo disse...

Plebiscito é sempre uma idiotice. É só lembrar do referendo do desarmamento. Ô perguntinha idiota... E mesmo assim, se fosse ver, o referendo referia-se a uma pequena parte do estatuto do desarmamento, e resultado do referendo era praticamente indiferente.

A pergunta a ser feita deverá ser uma coisa simples, e é aí que está o problema: uma coisa simples não reflete a complexidade do problema. Daí que qualquer plebiscito ou referendo sempre vai tratar superficialmente do assunto.

Não dá pra colocar na pergunta algo como: "Você é a favor da liberação do aborto em casos X, Y, Z", sendo X, Y e Z casos complexos de se explicar.

Uma pergunta simples (e, pelo que já vi, os militantes pró-aborto esperam algo assim) seria:
"Você é a favor de liberar o aborto em qualquer situação?"
Mas qualquer militante pró-aborto deveria responder 'não' a esta questão. 'Qualquer situação' é muito amplo, e englobaria um aborto de uma gravidez de 8 meses - e isso certamente seria explorado pelos favoráveis ao 'não'.

Enfim, resumindo, volto à minha primeira frase: plebiscito é sempre uma idiotice. Coisa de quem tem medo de se comprometer.

Permafrost disse...

André,
Então imagina: uma presidente com medo de se compremeter… É gargalhável.

Em tempo: não existe militante pró-aborto; é pró-escolha. (Pensando bem, até deve existir quem milite por aborto compulsório de toda gravidez humana, como remédio pra este mundo: extirpar a raça humana, de modo q a natureza volte à reinar…)

Pracimademoá disse...

Bem, eu li o post assim (cada parágrafo, respectivamente):

"Estejam todos vocês, meus treze leitores, avisados de que, se a candidata que mais ameaça a minha querida candidata for eleita, eu vou fazer muitas piadas e ridicularizar cada filhadaputa que votou nela e arruinou os planos da nossa presidenta, e se você for um deles, vai ter que parar de ler o meu blog ou sofrer um constrangimento muito, muito grande que eu estou preparando especialmente para você, com requintes de crueldade.

Estou avisando. Levem minha ameaça a sério e não votem na inimiga da presidenta."

Olha, macacada, eu só sei de uma coisa: prum cara que se identifica como Pracimademoá, a campanha vaselínica da petralhada é mesmo muito divertida. Até bem pouco tempo atrás, era um bombardeio diário e feroz contra o Aécio. Daí a Marina ultrapassou o Aécio nas pesquisas, e agora não vejo mais NINGUÉM falar do Aécio. É só Marina, Marina, Marina, Marina, Marina todo dia.

O mais legal não são os escancarados. Rio mais dos que tentam ser sutis, assim, como quem não quer nada, tipo mineirinho, mas não me enganam.

Os argumentos também são uma pândega. "Não votem na Marina! Ela é evangélica! Ela é contra o casamento gay!" Uééééééé... Quantos casamentos gays foram oficializados em 12 ANOS de petismo???

Até me dá vontade de imitar o Olavo: 12 ANOS, PORRRRRA! (me passa o isqueiro)

Também acho engraçado o Morgenstern não ter explorado essa enorme contradição nos ataques à Marina. A bancada cristã dele não pode defender o casamento gay, então ele tem que ficar de bico fechadinho. Fico só imaginando o sofrimento do menino, vendo uma contradição do tamanho de um rombo da Petrobrás passando diante do nariz dele e ele não poder dizer nada.

Mas e daí que a Marina é evangélica? A Gilma é comunista, PORRRRRA! Defende a Rússia, manda dinheiro nosso pra Cuba, e tem apoio do Edir Macedo. Porrrra! E enquanto se dizia que o Lula bebia, a presidenta parece que bate a cabeça na parede todos os dias antes de ir trabalhar. É um tal de criança, cachorro e figura por trás e muitas, muitas outras birutices. Ser evangélica é pior que isso? As duas são comunas. É a mesma merda!

Enquanto isso, APESAR DISSO, um monte de petontos ainda defendem a Rainha de Copas com unhas e dentes, e o luminar mor do combate à hipoplausibilose no país nunca disse sequer um ai contra os petontos.

Ora, um cara que toca violão, lê gibi, só anda de bicicleta e odeia Higienópolis só podia ser petista mesmo. Não sei por que demorei tanto para perceber.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!!!!

Ô, Perma! Sai do armário, vai. Tenho vários amigos que adoram o PT e odeiam a população de Higienópolis. Posso até fazer umas piadas, mas vou continuar gostando de você.

Permafrost disse...

Demoá,
Nóssinór! Surtou!

É absolutamente impossível o doutor ser petista. Ou eu.

A gargalhada sísmica, caso ocorra, nem terá muito à ver com a política brasileira per se. Mas qdo se junta, dum lado, as circunstância grotesca da súbita ascensão da Marina –q já apontam pruma súbita e grotesta derrocada– e, do outro, mais esse episódio no insistente, cansativo e (sejamos franco) ridículo embate entre raciocínio e narrativa, então só mesmo gargalhando.

Esse embate entre raciocínio e narrativa –rememorando– já dura mais de dois mil anos, e (simplificando) vem da época em q as narrativa hebraica começaram à sobrepujar os raciocínio grego. (Claro, tbm há raciocínios hebraico e narrativas grega, mas acho q vc tá entendendo.) Narrativa é emocionante, raciocínio é chato. Os grego deram ä humanidade a possibilidade de desenvolver-se sadiamente, mas surgiram as emoção dos conto hebreu (cristianismo incluído) e o povaréu preferiu ouvir à raciocinar. Então agora, uma cabocla (ou cafusa) brasileira, brandindo ä frente não a bandeira do país (ou uma plataforma raciocinada) mas um livro escrito por e pra um povo completamente diferente do dela, ascende repentinamente por obra duma calamidade, mete sua própria narrativa de 3 meses no centro dum debate de raciocínios q já dura 30 anos, fala de plebiscito antes mesmo da eleição e… e… ¿gargalhar disso é tomado como campanha sutil de petista no armário?

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Pô, Demoá. Desdiga-se aí. Neste blogue, vc tem uma boa reputação ä zelar.

E si, ao q comentei acima, vc juntar essa vossa interpretação peculiar do q o doutor disse sobre Higienópolis, periga vc nos chamar de anti-semitas. HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

¿Oncotô? disse...

É... o jeito é votar no Seu Jorge mesmo:

http://www.youtube.com/watch?v=ezjLXQc0bD4

Pracimademoá disse...

OK, Perma. Vou então considerar que você foi apenas inoportuno. Porque veja bem: foi só a Tartaruga subir nas pesquisas que a petralhada em peso passou a atacá-la, continua até hoje. Daí vem você e manda uma dessas...

Desculpe a demora em responder. Fiquei enrolado com uma coisas.

Permafrost disse...

Demoá,
Mas é q, pô, né, o Dr lê o jornal q tá pendurado na banca. Ele não tem defesa contra as manchete… :•)

Postar um comentário

consulte o doutor