03 novembro 2008

O rei tá new

¿Viram só essa da Folha de São Paulo? Agora toda segunda-feira tem o suplemento New York Times.

HAHAHAHAHAHA

¡Ô miasarma!

Toda segunda, 6 páginas traduzidas diretamente do NYT. Claro, é um teste pra ver se cola. Mas se colar, já viu, né?

O editor junta o pessoal na sala de redação e anuncia
— Oquei, gente, ¿sabe essa coisa de escrever sobre arte, ciência, negócios, tecnologia e política internacional? Então. Vamos deixar com aquele pessoal q sabe raciocinar e escrever ao mesmo tempo. Porque em português, a gente se confunde. Depois a gente traduz.

Aí um jornalista lá no canto pergunta
— Mas ¿e a tradução? será q fica boa? A gente sabe q...

O editor edita
— Se preocupa não. Ninguém nunca entende nada mesmo, e quem entende já lê em inglês direto na internet. Nada de novo, só tamos agora sendo honestos e dizendo quem realmente escreve sobre essas coisas na Folha há várias décadas.

A moça do café pergunta
— Mas então ¿pra quê colocar o nome nuiortaimes no encarte?

O editor revisa
— Ué, ¡é o NUIORTAIMES, Dona Geralda! ¡Jornal de respeito! ¿Tá pensanoquê?

Um cara passando por ali a caminho da feira pergunta
– Mas peraí, ¿é um suplemento ou é um encarte?

O editor ergue o sobrolho e franze o texto
– Vamos colocar uma nota na primeira página anunciando a novidade. Pra evitar confusão, vamos chamar de 'suplemento' no primeiro parágrafo e de 'encarte' no segundo.

A redação toda sorri e levanta o queixo aprovando
– ¡Aaaaah, ISSO é q é escrever!

Nada de novo. Essa de publicações brasileiras terem encartes com traduções de jornais e revistas euaenses e europeus não é novidade. Le Monde, The Washington Post, TIME, &c já ganharam uns trocados franqueando sua reputação no Brasil. Não só isso, mas o template de revistas inteiras é rotineiramente copiado no Brasil. O caso mais recente é da revista Piauí, q calca na New Yorker até o TOM dos artigos.

Isso q dá, né?

E enquanto isso, a maior "conquista" recente do povo brasileiro é a reforma ortográfica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

consulte o doutor