08 setembro 2005

Latrina e suas lausas

Hoje de manhã fui chamado às pressas ao aeroporto pra ir buscar o Dr Plausível. Segundo me informaram, nosso entretente doutor não parou de rir um segundo durante todo o vôo de regresso. Sua gargalhada cristalina e saborosa contagiou os passageiros, as aeromoças, até o piloto. Chegando ao aeroporto, todos ali foram parando de trabalhar pra sentar e rir até q um bóingue quase errou de pista e o doutor foi colocado num contêiner à prova de som.

Isso acontece toda vez q ele vai aos EUA, mas desta vez foi demais. O vírus da hipoplausibilose tbm se propaga pelo ar, e essa Katrina deve ter espalhado trilhões de litros dele por todo o país. Porque ¡vai fazer estrago assim lá na basa do baralho, viu!

Passa um furacão e ¡alguém tem q levar a culpa! ¿Esse pessoal não sabe o q quer dizer 'desastre natural'? ¿E 'imprevisto', será q eles conhecem? HAHAHAHAHAHAHAHA

Se fosse só isso, já estava de bom tamanho. Mas o furacão fez estragos hipoplausibiléticos no mundo todo. O doutor previu, e agora aconteceu: já tem insignes representantes de várias religiões dizendo q o furacão foi uma punição contra os EUA, seja pela invasão do Iraque, seja pelo preconceito contra o Islã, pela desjudiação de Gaza, ou pela bomba de Hiroshima, e já deve ter alguém dizendo q toda aquela região era uma Afro-Gomorra e merecia umas porradas bem dadas.

HAR-HAR-HAR-HAR-HAR-HARFfff
QUÁ-QUÁ-QUÁ-QUÁ-QUÁ-QUÁ-QUÓ-qüé-quiquiki-ki-i-ifffff...

¡Toma vacina, gente! Só quem conhece o Dr Plausível sabe dos fatos: O Bush está louvando a Deus e a Alá diariamente, rezando de joelhos toda manhã e lambendo o chão em agradecimento ao Ser Supremo por não ter enviado a Katrina duas semanas mais tarde, no dia 11 de setembro. ¡Imagine o q os muçulmanos não diriam!

FUÓ-FUÓ-FUÓ-FUÓ-FUÓ-FUÓ-FUÓÓóóó...
HUARK-HUARK-HUARK-HUARK-HUARK-HUARK-HUARKhhh...
BLARF-BLARF-BLARF-BLARF-BLARF-BLARF-BLARFFFffff....

tsc tsc tsc

(¡Ei, mas ainda estamos no dia 8! Ooooohhhh!)

Um comentário:

Miroslav disse...

Hoje é dia 11/09. Está chovendo. Estou irritado. Desastre , ou melhor, pentelhação natural ou não, minha sede de vingança é incrível. Qualquer um em quem eu pudesse bater seria maravilhoso. É isso que uma mente apenas plausível nunca vai entender. Homens pensam, falam e executam como homens. Seres humanos PRECISAM DE UM BODE EXPIATÓRIO. Bater nos outros é bacana. Saborear a derrocada desses ianques é delicioso. Castigo Divino? Sei lá!! Mas é tão divertido pensar assim. A única pessoa que me importa sou eu. Todos pensam como eu. Apenas não se aperceberam disso ainda.

Postar um comentário

consulte o doutor