20 agosto 2005

A trapalhada

E por falar em esperança, eis q, estando nosso eufemístico doutor à tv, aparece-lhe o Renato Aragão pedindo doações para o nobre Criança Esperança, dizendo:

-Acabou. Hoje é o último dia. Não deixe pra depois. É sua última chance.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

¿Como é q alguém pode deixar pra doar depois se esta é sua última chance?

Não há dúvida de q o CE tem a nobre missão de compensar algumas negligências dum sistema relapso e cretino, mas pô, ¡alimenta melhor esse redator!

3 comentários:

Miroslav disse...

Acho que a tal da BB acertou só numa coisa: Pablo é o doutor. Pablo assina as postagens, e comenta de uma maneira semelhante ao DP. A propósito, o senhor é brasileiro? Estou perguntando porque: Pablo é um nome espanhol, e sua forma de grafar sinais é típica. Se for, parabéns pela fluência no português. O que reforça meu comentário no texto anterior. Seu blog é bom, muito bom. O melhor é o nome, que é insano, absolutamente implausível. genial!

Permafrost disse...

Agradeço pelas desmonstrações de apreço e estima. No entanto, é preciso esclarecer q pairam indefinidamente no limbo da confusão:

(1) Não confunda: o Dr Plausível jamais escreveu uma linha neste blog, se vc descontar as citações e uma palestra sua transcrita. O Dr Plausível e o autor do blog não são a mesma pessoa.

(2) O doutor tem sim um mentor intelectual, o Sr Carlos P Motta - um ermitão q abdicou da sociedade e reside hoje em algum lugar agreste e aprazível nos arredores de Canela, RS.

Miroslav disse...

Entendido. Esclarecido. Há um mentor intelectual. Mas alguém escreve os textos. Daí...

Abraços.

Postar um comentário

consulte o doutor