01 fevereiro 2004

Lobby de bode

Digo e repito: o bom de ser agnóstico são as gargalhadas. Pro Dr Plausível, a expressão 'comédia humana' é mais concreta do q metafórica: se o mundo todo é um palco, então nosso efervescente humanista e alguns outros privilegiados são a platéia repoltroneada. É triste mas é verdade. HAHAHAHAHA

Um dos comediantes mais engraçados é o lobbyista, o sujeito q se sente o próprio monitor de acampamento infantil. Ele quer ir dormir às 11h; mas como as crianças querem ir à meia-noite, ele finge q impõe cama às 10h. As crianças chiam, negociam, e no fim todo mundo 'concorda' em ir às 11h.

Pois ¿vcs acreditam q tem gente fazendo lobby em Brasília pra implantar uma lei que obrigue os canais de TV a "veicular no mínimo três horas diárias de programação religiosa", inclusive no horário nobre?

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Eles ficariam contentes com apenas uma hora, mas mesmo assim, ¡q idéia mais estapafúrdia! ¿Quer dizer q se o projeto virar lei, os lobbyistas vão ficar contentíssimos se um canal passar três horas por dia de programação budista? HAHAHAHAHAHA ¡Ah, não, aí não, né? ¿Por que não dizem logo 'programação católica ou evangélica'? ¡Té parece q há algum muçulmano, judeu, sikhista, ou besourista nesse lobby! E até parece q algum canal, ãã, secular vai aceitar uma imposição desse tipo: o autor dessa idéia deve ser parente espiritual daquele q ergue cartazes com coisas como "A IRA DE DEUS O MUNDO SE CURVA AOS DITADORES".

¡Ô bode de domingo! ¡ô bode no meio da sala!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

consulte o doutor