14 julho 2003

¡Sebo neles!

¿Vcs já viram aqueles anúncios da coleção de livros editada e promovida pela Folha? ¡Q vergonha, não? Toda escola de propaganda & marketing devia ter curso de Plausibilidade I, II e III, ¿não acham?. Pois vejam se não concordam comigo: Esses anúncios mostram uma pessoa lendo um dos livros da coleção e distraidamente enfiando na contracapa alguma coisa q iriam colocar na boca - uma mulher enfia um batom, um homem enfia um sorvete de casquinha, uma escova de dentes, etc. A suposta mensagem é: se vc ler este livro, vai gostar tanto dele q não vai prestar atenção em mais nada.

Mas o Dr Plausível realizou uma pequena pesquisa com transeuntes anônimos: recortou os anúncios do jornal, mostrou-os aos anônimos transeuntes e perguntou, "Vc compraria ou leria este livro?" Eis uma sinopse das respostas:

- ¡Claro q não! Se eu gostar do livro tanto assim, vou estragar e jogar dinheiro fora.
- Eu nunca ia ler um livro q me impede de passar meu batom sossegada.
- Se ler é hábito de quem não tem coordenação motora, não quero não.
- Jamais colocaria em minha prateleira um gama de tons pastéis.
- ¡Tá louco! Ninguém se intromete entre mim e meu sorvete!
- ¡Eu não! Todo mundo vai achar q eu sou imbecil.
- Ah, nããão. Sou canhoto. Vou estragar a capa.

Como se vê, se a coleção vender bem, será unicamente pq o público está sendo impiedosamente bombardeado de anúncios. Com seu visual pífio e péssima encadernação, dentro de alguns meses esses livros serão o terror dos alfarrabistas.

Mas, perguntar-se-ão meus leitores, ¿q há de implausível nisso tudo? Ora, mas ¿tenho q explicar tudo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

consulte o doutor